Aspersão térmica a arco com corrente contínua pulsante:
               Formação de camadas homogêneas, com um mínimo de poros!
                         

Utilização da VM em revestimentos térmicos

Para atender às exigências de uma ampla gama de aplicações nos campos de aspersão térmica a arco e revestimento por plasma, a Elma-Tech oferece a Máquina Virtual (VM) bem como fontes de energia de alta potência por ela controladas e de regulagem secundária com potência de até 3000 A.

Dependendo do uso, estes campos de aplicação podem ter por objetivo, por exemplo, obter processos de aspersão inteiramente individualizados e de máxima segurança, altos graus de aderência, textura fina, espessuras de camadas grossas ou uma maior porosidade das camadas (no caso do revestimento do plano de rolamento do cilindro em motores a combustão).


Vantagens gerais em usar o controle de processos VM na aspersão térmica a arco

Os parâmetros de aspersão ideais para os mais diferentes materiais já estão pré-configurados através do banco de dados de especialistas. É possível modificar os parâmetros durante o processo de aspersão.

Camadas mais finas associadas a uma menor pressão de gás do nebulizador representam uma redução de custos significativa. É possível obter graus de aderência mais elevados mesmo sem materiais de aspersão caros.

  • A estática e dinâmica de fontes de energia para processos de aspersão ou de revestimento podem ser inteiramente reconfiguradas em intervalos de 50 μS.
    (Em fontes de energia convencionais, a estática e a dinâmica estão na estrutura e no acoplamento entre transformador e estrangulador e, com isto, imutavelmente definidas no hardware. Portanto, são inflexíveis.)
  • Curvas de corrente-tensão podem ser inteiramente alteradas
  • Opção de regulagem de tensão contínua ou corrente contínua
  • Novo processo de ignição e aspersão, baseado em software
  • Aplicação uniforme de camadas
  • Baixa carga térmica do substrato
  • Estrutura de segmentos do processo adaptável
    Exemplos de um estrutura de segmento típica:
    INÍCIO ARCO: Geração de arco
    IGNIÇÃO: Transferência de arco
    ASPERSÃO: Segmento de aspersão
    FIM ASPERSÃO: Desprendimento de gota, queima
  • Garantia de arco estável, constante, mesmo com uma capacidade de apenas 10 amperes.


Aspersão térmica a arco com corrente contínua pulsante

Comparada a outros processos de aspersão térmica, a aspersão térmica a arco costuma produzir uma inomogeneidade e porosidade maior na camada criada. Como já foi dito, em algumas aplicações, a porosidade da camada é um efeito desejável. Para tanto, é preciso que, na seção transversal, os poros estejam uniformemente distribuídos. Em contrapartida, camadas irregulares devem ser evitadas.

Camadas não uniformes são causadas pelo processo de fundição estocástico dos arames (eletrodos) no arco. Já que o arco se aproxima de maneira distinta do ânodo e cátodo, os arames são consumidos de forma assimétrica. Além disto, em fontes de energia convencionais para aspersão térmica a arco, o comprimento do arco não é constante.

Utilizar aspersão térmica a arco com corrente contínua pulsada sob o controle de processos com a Máquina Virtual tem as seguintes vantagens:

  • Aumento da capacidade de fundição / taxa de aplicação
  • Redução da carga térmica do substrato através da redução da temperatura do processo
  • Formação de camadas homogêneas, com um mínimo de poros
  • Desprendimento de partículas controlado e dirigido
  • Menos emissões de processo

As primeiras conclusões* de uma pesquisa científica de acompanhamento comprovam os ótimos resultados uso do processo de corrente contínua pulsada também na aspersão térmica a arco:

“Com a variação de parâmetros de aspersão no processo pulsado de aspersão térmica a arco, usando um sistema protótipo e a pistola de aspersão da OSU-Hessler, foi possível comprovar uma característica de processo estável e melhores resultados de revestimento, quando comparados à aspersão térmica a arco convencional.“

(*Resumo “Lichtbogendrahtspritzen mit gepulstem Gleichstrom” (Aspersão térmica a arco com corrente contínua pulsante), (D. Landgrebe, S. Brumm, S. Kunze, S. Weis), Universidade Técnica de Chemnitz, Instituto de Maquinaria e Processos de Produção; Westsächsische Hochschule Zwickau, Instituto de Engenharia de Produção, Cadeira de Tecnologia de Ligação e Revestimento. 2018. (ainda não publicado). Os trabalhos estão sendo realizados com o apoio do Ministério Federal de Economia e Tecnologia e fazem parte do projeto de cooperação do Programa de Inovação Central para Empresas de Médio Porte (ZIM).

Fontes de energia de alta potência da ELMA-Tech

Capacidades máximas de reserva para processos de aspersão em metais!

600, 800,1200 até 3000 A.

Com controle de processo Máquina Virtual!